Lisboa Selected * 287

Clica aqui se a página não aparecer correctamente | Clica aqui para cancelar a subscrição na newsletter




   
 
 

O René  , o  Miguel  e o  Rafa repartem-se em observações curiosas de colinas, de ruas e calçadas, de empedrados e de pernas destapadas, de gente revelando-se aos raios de Sol e de roupas a diminuir até serem só um traço na pele. Os turistas musculam-se graciosamente pelas sete colinas, esquecendo o enfado de upa sobe sobre, pois disfrutam de férias, tentando ser Maomé e Moisés e Garcia num só e indo a todas as montanhas, todas. Os cumes de Lisboa, mais do que serem encimados com ninho de águas, têm cafés e bares e quiosques (ou uma ermida, sacrilégio aos miradouros!) e vistas donde se alcança formigando gentes por ali e além com vontade até um lá que não se entende aonde. Lisboa é para estar e ir estando, mas no entretanto, vão-se rodando os poisos da estadias.
____________________________________________________
A Le Cool vai lançar passatempo(s) para o Negócio/ZDB, participa por aqui. Somos também parceiros na comunicação do Alfama-te.
____________________________________________________
A Le Cool Lisboa ainda não se rege pelo Acordo Ortográfico (mas pensarei melhor se me ganhares à sueca).

"Lisboa é ❤" diz nagazaki
... Read More
   
Dias
quinta-feira, sexta-feira, sábado, domingo, segunda-feira, terça-feira, quarta-feira


Categorias
Ópera O Chapéu de Palha de Itália
Percurso Movimento Verde
Festa Fronteiras + Baile na Garagem, Dia e Noite Internacional dos Museus no Museu do Chiado
Teatro Verbo Müller, Film Noir, O Pecado de João Agonia
Performance Go John + A Peça Vermelha
Workshop Workshop de Burlesco
Exposição Noite dos Museus
Competição Final Puma Matrecos Cup
Cinema Águas Mil, Cinema e Sabores
Anti-restaurante Alfama-te a 10
Dança Sole to Soul
Concerto Capitão Capitão, Chozpareï, Groundation, Salto + Os Velhos
Dj Set Mikie Wilde
Mercado 1º Mercadinho de Santa Helena
Ciclo Ciclo de Mulheres Palhaço
Festival 11º FIMFA, Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas, IndieLisboa'11, FATAL 2011
   
 

May Wed 11 2011


onde
Ante-estreia no Amoreiras Shopping

quando
Ante-estreia às 21h30 | Estreia dia 12

quanto
Entrada mediante convite

cinema
Águas Mil

Se em Abril foram mil as águas, em Maio estreiam-se as Águas Mil, filme de Ivo Marques Ferreira que, mais do que evocar chavões populares, se dedica ao pós 25 de Abril acompanhando como uma família se esboroou com o país que se batia por uma revolução. Soa muito a filme italiano? É é muito português e trata um daqueles tabus que negamos sequer existir - é o tabu do tabu: onde estávamos sem o 25 de Abril, onde estiveste logo antes e imediatamente após o 25 de Abril? A personagem principal, Pedro - representado por Gonçalo Waddington, busca-se e constrói a sua infância, fotos com memórias coladas a cuspo e encavalitadas sobre o esquecimento. Romperam-se as águas, anda lá a este! / Fernando Mondego

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Thu 12 2011


onde
Clube Ferroviário , Rua de Santa Apolónia, nº 59 Santa Apolónia
mapa de localização

quando
A partir das 22h00

quanto
€5

competição
Final Puma Matrecos Cup

O clima está espesso, fumo no ar, cheiro a bifana e sabor de trago a cerveja morta. A maratona do sobe e desce cansa, mas puxa sempre mais uma, desde que venha fresca e saiba a companhia. As equipas são de dois, a oposição dois mais, o desporto faz-se de pé, mas de perna parada. A bola entra pela pressão psicológica do cigarro a queimar à borda da mesa. A oportunidade tem que ser tomada entre a conversa distraída com a moça que traz mais uma rodada. A vitória anuncia-se para estes desportistas do after hours. Roda o pino e os jogadores alinham-se em eixo. Engole a cerveja, dá uma última inspirada no cigarro e agarra-te freneticamente ao manípulo. O Puma Matrecos Cup está aqui pra ficar! / Von Rau Pipiska

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Thu 12 2011


onde
Chapitô, R. da Costa do Castelo 1
mapa de localização

quando
5ª a Dom às 22h | 12 a 29 Maio

quanto
€12

ciclo
Ciclo de Mulheres Palhaço

Se te chamarem de “Palhaço” duvido que gostes. Mas a elas, se as chamarem de “Palhaças!” isso será sempre um motivo de orgulho e de reconhecimento. É a sua arte e o seu ofício. Ser palhaça é sentir vaidade no que se é e se faz. É um estado de espírito e é um talento que não é para todas. O Chapitô sabe bem disso, ou não estivesse lá uma grande Palhaça nacional. E por isso, de há uns anos para cá, promove este ciclo para homenagear estas soberbas guerreiras de cara pintada. Em 2011 elas chegam de Espanha, França e Itália e põem em cena clássicos da mitologia grega. E da tragédia à comédia, elas lá estão, formosas e seguras, para nos revelar o maravilhoso mundo das artistas de circo. / Sónia Castro

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Thu 12 2011


onde
CAMa, Museu da Marioneta, Maria Matos e outros


quando
De 12 Maio a 6 Junho

quanto
Variável

festival
11º FIMFA, Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas

O mais aguardado dos festivais performativos já chegou à cidade. As marionetas e os seus criativos operadores invadem os centros de cultura da cidade espalhando sonhos pelas ruas e pelos palcos. O circo, as artes plásticas, a dança, o video e o teatro fundem-se com os bonecos e expandem o universo de expressão das obras dos criadores. A política, o ambiente e todos os temas dos nossos tempos são objecto de reflexão e exposição. Gente consagrada e artistas emergentes oriundos dos quatro cantos do mundo. Este ano são todos convidados a fazer desta edição, em tempos de crise, um acontecimento único. Muita imaginação e novas abordagens ao mundo das marionetas. Daqui podemos esperar tudo, sobretudo ficarmos muito surpreendidos. / Célia F.

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Thu 12 2011


onde


quando
Consulta horários | Até 15 Maio

quanto
€3 Sessão (Outros valores)

festival
IndieLisboa'11

De que fibra é feito um festival de cinema lisboeta? De que matéria é feita a determinação de Miguel Valverde, Nuno Sena e Rui Pereira? De que raça é feita a vontade de cultura portuguesa? No ano da “crise que já chateia” e do corte orçamental de 500 mil euros (e perda de patrocínios) que o IndieLisboa’11 sofreu, as respostas demandam-se. E a edição deste ano parece corresponder aos anseios, com o “Herói Independente” Júlio Bressane; com “Tindersticks e os filmes de Claire Denis”; com filmes como “Les Amours Imaginaires”, de Xavier Dolan, “Carlos”, de Olivier Assayas, “Attenberg” de Athina Rachel Tsingari ou “Post Mortem” de Pablo Larraín; com novas obras de Denis Côté, Abel Ferrara, Peter Mullan ou Christophe Honoré (entre mais); e com festas, convidados, encontros e o resto. O que sobra é a questão: afinal, quanto vale meio milhão de euros? / Zara Soares

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
   
 

May Thu 12 2011


onde


quando
2ª a Sáb às 21h30, Dom às 15h30 | De 11 a 29 Maio

quanto
nd

festival
FATAL 2011

“Uma flecha jovem no coração da cidade.” Quem o afirmou foi Maria Helena Serôdio, do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a propósito do FATAL – Festival Anual do Teatro Académico de Lisboa. Gosto tanto da frase que não resisto a repeti-la: “Uma flecha jovem no coração da cidade.” Dizer algo melhor do que isto é impossível. Mas para que fiquem a saber mais alguma coisa e eu sentir-me um pouco mais útil, informo que, mais uma vez, o FATAL recebe grupos de teatro universitário de norte a sul do país e até de Espanha e França. Vão ser muitos e variados os espectáculos e há sempre um diferente a cada dia. Uma autêntica maratona que no final premiará os melhores. E cá entre nós: como eles não gostam de perder! / Sónia Castro (Foto de Pedro Ramos)

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Thu 12 2011


onde
Casting Club, Lx Factory, Rua Rodrigues Faria 103, Calvário
mapa de localização

quando
Às 22h

quanto
€6 (Com oferta do EP)

concerto
Capitão Capitão

É a tropa: sentido que o Capitão aí vem. Filados, fardados e todos em conjunto: We like to be Portuguese. We like Portugal. And we speak our native language. Podemos ter perdido a batalha, mas a guerra está ganha. Buscar a subversão do tradicional, a chapada na cara e chamá-la de Grande Mentiroso, cobarde etc e tal. Há que ser Capitão, Capitão Capitão. Ser-se música Folk Rock Norte Americana em português na onda do gostamos de ser como somos e 'mai' nada! Bate continência e endireita-me essa farda. A música vem com direito a concerto na caserna. Tropas unidas que se está numa azáfama, pois é a música portuguesa a gostar dela. / Francisco Pinheiro

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Fri 13 2011


onde
Ondajazz, Arco de Jesus n7
mapa de localização

quando
Às 22h30

quanto
€7

concerto
Chozpareï

Da Montpellier chega um grupo versátil cheio de ritmo e energia. Os Chozpareï já têm 10 anos de existência e o som dos seus seis elementos foi aperfeiçado para um selvagem mêlée da tradição francesa, jazz, rock and roll, balcânica, blues, entre muitos outros estilos! Os riffs contagiantes provenientes das guitarras, acordeão, ukulele e sopros prometem aquecer a noite de Alfama, e demonstra-se que o OndaJazz continua a apostar tanto no nacional como no internacional. Para quem queira começar a Sexta-feira em grande folia, este será sem dúvida um programa animado. / Pedro Rodrigues

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Fri 13 2011


onde
Negócio, Rua de O Século n9 porta5
mapa de localização

quando
Às 21h30 | 13 e 14 Maio

quanto
€7,5 (€5 Estudantes em grupo)

performance
Go John + A Peça Vermelha

Fico sempre um bocadinho à rasca quando tenho de escrever sobre ‘performance’. Estou aqui há uma hora a brincar com o teclado e o verbo não escorre. Polegarzinhos para cima à liberdade com que este pessoal se apresenta em palco e nos põem a pensar. Assistir a uma performance é sempre um recomeço, uma desconstrução. E eu sei que nas últimas semanas beatificámos um papa, casámos um príncipe, fizemos uma cruzada, matámos um mouro com mau photoshop e atirámo-lo ao mar. Sei que é difícil competir com esse magnífico e alienante espectáculo, mas será que a malta não se farta de tanta Idade Média? Vá lá. Sejam modernos. Apoiem a criação portuguesa. Paguem 1 e levem com 2 espectáculos. Para além disso, a esplanada da ZdB já abriu. Spot perfeito para fazerem o chillout depois dos estímulos a que se vão submeter. / Raquel Ponte

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Fri 13 2011


onde
Fundação Calouste Gulbenkian, Avenida de Berna, 45A
mapa de localização

quando
A partir das 22h

quanto
nd

festa
Fronteiras + Baile na Garagem

O Futuro é cada vez mais incerto e é uma falácia achar que a previsão com base no passado dirá o virá. Talvez o truque seja não ter expectativas: "eu gostava que isto acontecesse.... mas se não acontecer não há mal nenhum". A parte mais gira do futuro é que através da visualização de fotografias podemos imaginar como é que irá ser. Criatividade anda lado a lado com o futuro, i.e., não sei como vai ser, mas posso imaginar como é que ele será. A partir daqui a imprevisibilidade do que nos espera tem mais cor e deixa de nos incomodar não o controlar. Depois de fotografias que nos alimentam a mente, temos som que nos alimenta o espírito: Kenneth Montague e Lyndon Barry puxam pelo desconhecido. / Francisco

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Fri 13 2011


onde
Groove Bar, Rua da Rosa 148-150
mapa de localização

quando
A partir das 23h

quanto
Entrada livre

dj set
Mikie Wilde

Ele é Mikie Wilde e não Wild, mas também podia ser no sentido de liberdade, impulsividade e instinto natural que a palavra "selvagem" nos inspira. Mikie faz os seus sets transpirar de energia, de sensualidade, numa espiral que flui e nos embala para um mundo leve e doce onde os corpos balançam e mente relaxa e cria ao mesmo tempo. A minha primeira experiência ao som de Mikie Wilde foi no Trumps Club onde era residente. Saí do club com uma daquelas sensações reconfortantes que leva a acordar com pouco horas de sono, ressaca mas frescos que nem uma alface pois estamos a sorrir por dentro e sentimos quue não foi "mais uma noite". É esta a melhor forma de descrever o trabalho deste jovem norte-americano por terras lusas. Criatividade, qualidade, autenticidade e num mundo de muitos marca a diferença: é apaixonado pelo que faz e isso sente-se na pista de dança. / Liz Boa

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
   
 

May Fri 13 2011


onde
Coliseu dos Recreios, Rua das Portas de Santo Antão, 96 213 240 580
mapa de localização

quando
Às 22h

quanto
De €25 a €156

concerto
Groundation

M de Maio, M de Marley. Celebra-se este 11 de Maio o trigésimo aniversário da triste perda de uma das maiores lendas da sociedade moderna e da história da música, Bob Marley. Desde o seu prematuro desaparecimento (com apenas 36 anos de idade, vítima de várias formas de cancro), o mês de Maio tornou-se um mês de celebração histórica, homenagem a uma lenda, de tributo a um mito. Proliferam os concertos de homenagem, os movimentos migratórios atraídos pelas recorrências de celebração. Enfim, digamos que Maio é o mês mais Reggae do ano. Lisboa terá o privilégio de assistir ao tributo a Marley a cargo de um dos mais referenciados grupos Reggae da actualidade: Groundation, suportados na primeira parte pelos nossos Terrakota. Portanto a festa sreá grande, Lisboa inteira será Reggae e a própria Baixa Pombalina cederá ao balancear lento do ritmo Jamaicano. / NunoT (Foto de Philippe Gassies)

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sat 14 2011


onde
Vários Museus


quando
Até às 23h

quanto
Entrada gratuita

exposição
Noite dos Museus

De noite todos os gatos são pardos, as sombras vizinhas umas das outras, e os reflexos adensam-se com o passar das luzes eléctricas. Se de dia estão estáticos para que o olhar diurno os veja, de noite saem dos seus mundos planos e entram no nosso. De solitários, dípticos, trípticos e posturas de pedra e cal a companheiros de quem os visita. As cores reverberam mais e as pinceladas desenlaçam-se na noite mais especial do ano. Os Museus ficam de porta aberta de dia e pela noite dentro. Os gatos deixam de ser pardos, as sombras definem-se e os reflexos assumem-se pelo que são: a arte viva para todos. Especialmente aos noctívagos. / Von Rau Pipiska

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sat 14 2011


onde
Beco de Santa Helena 9, Porta esquerda, Alfama
mapa de localização

quando
Das 10h às 18h

quanto
Entrada livre

mercado
1º Mercadinho de Santa Helena

O mercado foi e sempre irá ser a forma mais pitoresca para fazer compras. Estamos a ser "engolidos" por brutamontes aka centros-comerciais, mas isso é algo que faz parte. Não há mal nenhum. Agora, quando o espaço do "Freguês" aparece assim de quando em vez é um regalo para os olhos de Lisboa. É de aproveitar cada segundo, beber a "vida de mercado" que tão bem faz e sair de lá cheio e renovado, contente da vida pelo tempo passado. "É comprar, é comprar ó freguês". Artesanato ao seu melhor nível. / Francisco

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sat 14 2011


onde
Av. Liberdade e Jardim Amália Rodrigues (Pq. Eduardo VII)

quando
14 e 15 Maio

quanto
Entrada livre

percurso
Movimento Verde

Andam fartos deste cinzentismo? Então mudem. Ninguém vos obriga a ter de levar com ele. É simples. Batam-lhe com a porta na cara. Digam-lhe que acabou tudo. Que assim já não dá. Que o problema não é dele mas vosso. Que precisam de dar um tempo. Que essa relação a preto e branco já não vos leva a lado nenhum. Que o desgaste é tremendo e os dias vazios. Ponham-lhe um ponto final. E exclamem no fim! Sorriam com todos os dentes. Mudem de vida. Vão para a Av. da Liberdade e comecem tudo de novo. Uma nova relação, sem cenas de ciúme de faca e alguidar. Menos obsessiva e mais positiva, saudável e sustentável. Troquem o cinzento pelo verde. E há tanta coisa que podem fazer juntos nestes dois dias. Invistam nesta relação para a vida. / Raquel Ponte

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sat 14 2011


onde
Teatro Nacional de São Carlos, Rua Serpa Pinto 9
mapa de localização

quando
Às 20h

quanto
€30

Ópera
O Chapéu de Palha de Itália

A uma ópera que assenta no episódio em que um cavalo come um chapéu de palha nupcial pondo a descoberto uma traição não se resiste. Nem que seja pelo piscar de olhos cúmplice ao fechar da cortina, num maravilhado ‘Esta agora? Disto nunca me aconteceu!’. E isto nunca tinha acontecido por ser esta a estreia nacional da ópera cómica de Nino Rota, com que o Teatro Nacional de São Carlos celebra o centésimo aniversário sobre o nascimento do compositor italiano, célebre pelas suas composições musicais para a sétima arte e por colaborações com Fellini, Visconti, Francis Ford Coppola e Zeffirelli. Já o TNSC é célebre por acolher as melhores óperas em território luso, num ambiente que nos cria a ilusão de poder encontrar Eça com um grão na asa à saída do Grémio Literário.  / Inês Alvim

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
   
 

May Sat 14 2011


onde
Ateneu Comercial de Lisboa, Rua das Portas de Santo Antão 110
mapa de localização

quando
Às 17h

quanto
€40

workshop
Workshop de Burlesco

Ser burlesca dá-me um trabalhão. E nem falo das poses estudadas, do omnipresente estojozinho de pó de arroz, do andar com o copo de martini gigante com que actuo no eléctrico em hora de ponta. Isso é o mais fácil. Complicado é preencher o Census, explicar àquela criaturinha burocrática que ‘dançarina de burlesco’ é profissão sim senhora, justificar as luvas de cetim, sorrir com mal disfarçado enfado à piadinha da má cara, da palidez. Ser burlesca dá-me um trabalhão. Excepto num dia como este, em que desço gloriosa a Avenida da Liberdade, corpete apertado com ajuda externa, penas de pavão incandescentes e, já à entrada do Ateneu, faço o aquecimento em plena rua, mesmo em frente àquele senhor de ar guloso cujos olhos a mulher insiste em tapar com mãozinhas trémulas. / Inês Alvim

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sat 14 2011


onde
Museu do Chiado, Rua Serpa Pinto 4
mapa de localização

quando
A partir do fim da tarde

quanto
Visitas guiadas gratuitas

festa
Dia e Noite Internacional dos Museus no Museu do Chiado

Esta tarde, noite, ao lusco-fusco, o Museu do Chiado transforma-se numa performance onde há de tudo um pouco. À volta da mesa da Marta Wengorovius, pão, azeite, alfaces e limão, alecrim, ovos, tomilho, competem por um mundo melhor. Enquanto isso, a Catarina Moura conduz as famílias pela "luz de fim de tarde no Museu”. O programa estende-se pela noite fora com visitas guiadas às exposições “Arte Portuguesa do séc. XIX (1850-1910)” e “Adelino Lyon de Castro (1945-1953). O fardo das imagens”. Como se tudo isto não bastasse, há ainda projecção de filmes in Purgtorio e “Témoins Lisbonne”, de Giovanni Cioni. Para fechar a noite em grande um percurso pela “Beleza, Arte e Erotismo na Arte Portuguesa do séc. XIX” faz deste Dia Internacional dos Museu no Chiado um momento único. De que esperas para te juntar? / Felisa

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sat 14 2011


onde
Cave da Residência Fraústo da Silva, RUFS, FCT – Monte de Caparica

quando
Às 21h30 | 12, 13 e 14 Maio

quanto
Entrada livre

teatro
Verbo Müller

O Novo Núcleo Teatro – NNT – é o núcleo de Teatro Universitário da Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Universidade Nova de Lisboa. O grupo, que tem participado em diversos festivais, nacionais e internacionais, leva, desta feita, à cena Verbo Müller. A peça é um trabalho de pesquisa e composição teatral que explora o imaginário do dramaturgo alemão Heiner Müller e se centra no objecto cénico enquanto elemento pluridisciplinar, espelhando as suas múltiplas vertentes e sentidos.  Os conceitos de desajustamento, dissonância e impotência associados ao objecto-corpo são o ponto de partida para a criação. / Francisca Carvalho

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Sun 15 2011


onde
Teatro da Trindade, Largo da Trindade, 7A
mapa de localização

quando
Às 19h30

quanto
De €7 a €12

dança
Sole to Soul

Não sei se foi, mas poderia ter sido, e nisso foi a mais famosa. Chamava-se Sherazade e foi a primeira katthaka de que há memória. Através da sua astúcia e plano engendrado junto com a sua irmã Duniazade, conseguiu sobreviver mil e uma noites ao Rei Persa Xeriar. O enrredo era simples, recontar histórias, em gestos profundos e delineados, e deixar sempre o véu do deslumbre para mais uma noite se passar. As histórias ficaram imortais, e a sua forma de as contar, o movimento ululante e intímo, serviu como a inspiração para a dança clássica indiana. Sherazade passou, mas o Kathak ficou, directa da raiz do corpo das bailarinas, os pés, para alcançar a alma da audiência. / Francisco Pinheiro

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Mon 16 2011


onde
LX Factory, Rua Rodrigues Faria, nº 103 Alcântara
mapa de localização

quando
16, 21 e 28 Maio às 21h e às 23h, 19, 20, 26 e 27 Maio às 21h30

quanto
De €4 a €10

teatro
Film Noir

Há de haver uma ruptura, sempre há uma ruptura. Ontem, por exemplo, aquele seu vizinho do andar de baixo, morreu; um parente distante telefonou-lhe e o telhado fazia ruídos que impediam dormir. Há sempre uma quebra de rotina. O que transparece felicidade pode estar a morrer por dentro. Tudo isso é teatro, ou cinema (alguns dizem que é fado), quem sabe? Pura ficção. Afinal, o que é da vida não é? O dia pode estar mais escuro que o normal, mas as dúvidas. Ah, as dúvidas! Estas serão sempre as mesmas, com ou sem final feliz. “Film Noir – Narrativas Negras sobre rupturas na ordem das coisas” apresenta questões de quebras (quotidianas?), inspiradas no cinema Noir dos anos 40 e 50, no cenário, a representar qualquer lugar possível, Femme Fatale e prováveis heróis. / Marcelo Valadares

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Tue 17 2011


onde
MusicBox, Rua Nova do Carvalho 24
mapa de localização

quando
Às 21h30

quanto
€10 (Com CD)

concerto
Salto + Os Velhos

A terceira idade está em revolta. Neste espaço as bengalas serão trocadas por guitarras, os andarilhos por baterias e as cadeiras de roda por baixo. Depois, há uma multidão inteira em polvorosa com "o Tempo dos passeios", a "Conservar Pregos". Os Velhos rebentam com um pequeno Grande espaço do Cais do Sodré. O CD salta cá para fora a rebentar os limites legais de decibéis. Todos vamos ser Idosos, mas por enquanto andamos todos numa "Era Moderna" e as rugas nunca nos ficaram tão bem!  / Francisco

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
   
 

May Tue 17 2011


onde


quando
A partir das 20h30

quanto
€20

anti-restaurante
Alfama-te a 10

Alfama é especial. Parada no tempo, mas habitada por todas as gerações, credos e correntes. Sabe bem o popular. Sabe bem o castiço. Sabe bem misturar tudo isto e pôr lá também a nossa vida. Alfama é um universo paralelo. Um aglomerado de esconderijos para desligar do mundo e acordar para o interior de algo que vive mais além. Alfama é bonita e acolhe quem dela gosta. Alfama-te a sério. Mergulha no bairro e numa ideia inovadora que põe as pessoas no lugar certo bebendo de um momento que só poderia ser vivido se se lá morasse. Dez pessoas que não se conhecem e que assim passam a conhecer-se. Um lugar de petisco, de encontros improváveis e de boas conversas. Tens água na boca? Mata o apetite por caras novas à volta da mesa no Alfama-te. Inscreve-te aqui. / Célia F. (Foto de Pedro Ferreira)

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Wed 18 2011


onde
Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa , Rua Saraiva de Carvalho 41, Campo de Ourique
mapa de localização

quando
Almoço às 12h50, Filme às 19h

quanto
€15 (Pré-inscrição no site)

cinema
Cinema e Sabores

Ter um romance com um dinamarquês tem muitas coisas boas. A liberdade de costumes, a língua do arco-da-velha, a distância da sogra. Há elementos perturbadores, é certo – o fetiche com pontes, a omnipresença de almôndegas e a couve-roxa sempre a pairar. Hoje vou almoçar a casa dos pais dele, pelo menos na minha cabeça. Como a vida laboral (e a outra) conspiram contra escapadelas a Copenhaga a meio do dia, damos só um salto à Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa. É um investimento na relação com risco calculado. Almoço típico dinamarquês, com todos os sabores e cheiros da infância dele, mas sem mães metediças e álbuns de família. Ao fim da tarde, projecta-se o filme ‘A festa de Babette’, seguido de um cocktail de especialidades dinamarquesas, feitas por uma avó difusa. Boa viagem. / Inês Alvim

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 

May Wed 18 2011


onde
Teatro Turim, Estrada de Benfica, 723 A
mapa de localização

quando
4ª a Sáb às 21h30, Dom às 17h | 18 a 29 Maio

quanto
€8

teatro
O Pecado de João Agonia

Pecado? Pecado naquela época era a guerra e a religião, a diferença e a igualdade, a saudade de um filho que está para regressar findo o serviço militar. Pecado é a maldição que paira sobre uma família. Pecado é o do João Agonia. Aliás, basta a alcunha para lhe imprimir um fardo negativo. Como um nome pode moldar o destino a uma personagem! E por mais que João, o da Agonia, queira fugir da sua sorte (neste caso mais vale ler azar!) rumo à solidão da serra, o mais certo é não conseguir escapar-lhe. Porque se há fardos que já vêm de outras vidas, outros há que se agarram às pessoas à nascença. O João Agonia precisa de ajuda. Para contribuir, ligue o 606 660 666 (custo da chamada: 60 cêntimos + IVA) e ajude a tratar da Agonia ao João. / Sónia Castro

PARTILHAR IMPRIMIR ADICIONAR AO CALENDÁRIO
 
Luís Vieira

Desde criança sempre tive um fascínio por marionetas e imagens em movimento. Era algo que me emocionava. Ver aqueles seres que pareciam vivos e, ao mesmo tempo, intrigava-me a relação existente entre quem os manipulava e as próprias marionetas. Parecia-me algo mágico.

Eu nasci na Guarda, onde passei a minha infância e adolescência, onde brinquei aos cowboys no meio de barrocos gigantes e foi aqui que estudei música e acabei por ter um grupo de música que dava bastantes concertos e me fazia sonhar. Mas esta atracção pela arte do movimento talvez tenha começado com o meu pai que, quando trabalhou para o Inatel, fez alguns acompanhamentos a bonecreiros, e eu ia com ele, levava-os aos sítios para fazerem espectáculos, tal como levava películas de cinema a aldeias aonde não havia cinema. Mas o início do meu trabalho como criador e actor-manipulador já foi em Lisboa.

Lê o resto da entrevista aqui.

   
 

Le Cool é uma agenda semanal gratuita que enviamos todas as quintas-feiras com uma selecção de eventos culturais e de ócio que consideramos interessantes. Filtramos as melhores exposições, filmes, concertos, recitais, festas, sessões e as demais actividades invulgares, para além de descobrir uma cuidada selecção de bares únicos, restaurantes e outros lugares que vale a pena visitar. O nosso novo Website LeCool 2.0 oferece aos leitores uma nova forma de partilhar recomendações e organizar a sua própria agenda. O conteúdo da LeCool é escolhido porque acreditamos que vale o teu tempo e nunca o trocaríamos por dinheiro.

 

Para contactar a nossa equipa editorial : Rafa

Para contactos de marketing, publicidade e outras alternativas comerciais : Miguel

 

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Todas as subscrições ao magazine Le Cool foram activadas através da submissão do formulário de subscrição no site da LeCool. Se recebes a nossa newsletter e não desejas continuar a receber , clica aquí para "Cancelar". Se não estás inscrito clica aqui para "Subscrever". O teu mail e qualquer outra informação pessoal fica connosco e jamais será vendida ou dada a terceiros. Toda a informação pessoal é estritamente confidencial.